Humanitas360 fomenta cooperativa de detentos para produção de alimentos orgânicos

Depois das oficinas de artesanato para as cooperadas da Penitenciária Feminina 2 de Tremembé, o Instituto Humanitas360 inicia os esforços para criar uma segunda cooperativa na região, agora com os detentos da Penitenciária Masculina 2. A horta de 1,2 mil m2, que já existe nesta unidade, vai crescer em tamanho e qualidade, para produzir alimentos orgânicos certificados.

Além de abastecer outras unidades prisionais da região, a cooperativa também vai produzir chás, especiarias e conservas para venda em entrepostos orgânicos de vários pontos do país. Os consultores Mauro Spalding e João Padula, com sólida experiência em agricultura familiar orgânica e cooperativismo, foram contratados pelo H360 para apoiar a iniciativa.

Os técnicos estão encomendando análises de solo e das fontes de água potável do local, e identificando os recursos existentes. O mais importante nesta fase, entretanto, é conhecer melhor os presos que já trabalham nessa horta, desenvolvendo laços de confiança e espírito de equipe, essenciais para formar a cultura de cooperativismo.

Os próximos passos serão as fases de planejamento, desenvolvimento do modelo de negócio e capacitação dos detentos. Paralelamente à produção de vegetais orgânicos in natura, a criação de uma linha de produtos certificados em conserva tem o objetivo de permitir que a cooperativa alcance outros mercados, para maximizar a remuneração dos cooperados e tornar o negócio viável.  

Ainda não há comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>