Humanitas360 participa do Summit da Biennial of Americas na Colômbia, mapeando ações de impacto social no país

O governador do Colorado John Hickenlooper e os empresários que com ele organizam a Bienal das Américas de Denver (EUA), visitaram a Colômbia no início de outubro, promovendo encontro que, em anos alternados à bienal, busca sua aproximação com diferentes países do continente americano. A presidente do H360, Patrícia Villela Marino, membro do Conselho da Bienal e curadora de sua programação de impacto social, aproveitou a viagem para estreitar relações com empreendedores cívico-sociais e personalidades públicas que promovem a cidadania na Colômbia.

Nesses contatos, além de sondar possíveis convidados para apresentarem seus trabalhos e iniciativas na próxima edição da Bienal, que acontece em outubro de 2019 em Denver, a presidente do Humanitas360 aproveitou ainda para buscar parceiros que possam desenvolver projetos conjuntos com o Instituto na Colômbia. O H360 definiu o estabelecimento de um capítulo no país andino como uma de suas prioridades estratégicas para o próximo ano.

Foram dias intensos, com uma série de contatos cobrindo dos mais altos escalões da República às lideranças sociais em algumas das comunidades mais carentes do país. O mais importante desses encontros, sem dúvida, foi a longa audiência com o recém-empossado Presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez, que assumiu um país em uma difícil transição para a reconciliação com a ex-guerrilha das Farc (Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia).

O General Óscar Naranjo e a presidente do H360, Patrícia Villela Marino

Outro encontro marcante foi com o ex vice-presidente Óscar Adolfo Naranjo Trujillo, conselheiro do Instituto Humanitas360 e negociador-chave no acordo que pacificou o país, pondo fim à guerrilha das Farc. Agora afastado do dia a dia da política, o general Óscar Naranjo deu alegria à equipe do H360 ao afirmar que tem mais tempo disponível para acompanhar e aconselhar os trabalhos da organização.

O senador colombiano Juan Manuel Galán foi outro conselheiro que se reencontrou com a equipe do Humnanitas360 em Bogotá. Na ocasião, nos apresentou à educadora comunitária Susana Fergusson, com larga experiência em processos de tratamento e redução de danos com populações altamente vulneráveis.

Visita à comunidade de Soacha, um dos municípios mais pobres do país

Mauricio Salazar, criador do Centro de Conocimiento Social Colectivo, abriu as portas de sua organização como uma base de apoio local para o H360. Salazar é o organizador do TEDxBogota, e se dedica a inspirar e conectar pessoas e organizações que podem gerar impacto positivo na sociedade.
Camilo Hoyos, que junto com o músico colombiano Fonseca criou a Fundação Gratitud, guiou a equipe do H360 em um mergulho por Soacha, uma das comunidades mais carentes do país. Esse município da grande Bogotá ficou tristemente famoso devido ao atentado encomendado em 1989 pelo traficante Pablo Escobar, que ali matou o então candidato à presidência Luis Carlos Galán, pai do senador Juan Manuel Galán, conselheiro do Humanitas360.

Em Soacha, Camilo primeiramente nos levou a uma roda de conversa com jovens líderes sociais na Biblioteca Pública Municipal do bairro Ciudad Verde. Depois, acompanhados pelo Diretor Municipal de Cultura, Hector Peñalba, visitamos o centro cultural independente Xucasa, onde desfrutamos de um almoço com comidas típicas. Para encerrar o dia, visitamos uma praça na região com os mais altos índices de criminalidade do município, onde há histórico de conflito entre jovens, moradores, traficantes e especuladores. Durante essa visita, o prefeito de Soacha, Eleazar González Casas, veio negociar pessoalmente a recuperação da praça com Juan Daniel, rapper e líder comunitário que, através da música, luta para tirar jovens da criminalidade.

Ainda não há comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>