Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo manifesta apoio à iniciativa do H360 em criar cooperativas de trabalho para detentos no estado

O desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças com a presidente do H360, Patrícia Villela Marino, e Ricardo Anderáos, vice-presidente de operações do H360

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, recebeu a direção do Instituto Humanitas360 em seu gabinete no último dia 21 de maio. Além de apresentar a ele o projeto de criar cooperativas de detentos em penitenciárias no estado, a presidente do H360, Patrícia Villela Marino, ofereceu apoio para realizar evento da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre política penitenciária na sede do Tribunal paulista, no segundo semestre deste ano.

O desembargador Calças manifestou grande simpatia à iniciativa inovadora de implantar cooperativas socials de trabalho dentro de unidades prisionais. A única experiência do gênero no país foi criada na periferia de Belém do Pará, pela diretora do presídio feminino de Ananindeua, onde cerca de 200 detentas já foram beneficiadas, e nenhuma reincidiu no crime após ser libertada. “Acredito muito no poder da laborterapia, desde meu início na magistratura, em 1976”, afirmou Calças.

Os juízes auxiliares Camila de Jesus Mello Gonçalves e Marco Fábio Morsello, que apóiam o trabalho do presidente do Tribunal de Justiça e também estavam presentes ao encontro, receberam do diretor de Projetos e Finanças do H360, Alessandro Tomasi, a minuta do termo de cooperação técnica entre o Humanitas360, o Tribunal de Justiça e o Governo do Estado de São Paulo. O documento, que está sendo elaborado conjuntamente entre as partes, tem como objetivo criar o arcabouço institucional para as cooperativas em penitenciárias paulistas, garantindo perenidade ao projeto.

Outro membro do TJ presente ao encontro foi o desembargador Otávio Augusto de Almeida Toledo, que está liderando a iniciativa de trazer para o Tribunal paulista o Encontro Nacional de Autoridades Responsáveis pelas Políticas Penitenciárias e Carcerárias dos Estados Membros da  Organização dos Estados Americanos (OEA). Para viabilizar a iniciativa, Toledo está articulando uma coalizão que reúne, além do Instituto Humanitas360 organizações como o Instituto Ação Pela Paz e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>